Evolução e o diálogo da mente

Ouvir Timothy Gallwey falando sobre o jogo interior na vida e no trabalho, me levou a refletir sobre a evolução do ser humano e o trabalho. Me fiz o seguinte questionamento: estou evoluindo enquanto trabalho?

Nosso trabalho compõe parte da nossa jornada evolutiva. Tim compartilhou algo que acredita conosco: "Eu não estou aqui somente para fazer um trabalho. Eu sou um trabalho sendo realizado enquanto eu faço o meu trabalho". 

Então te pergunto: no que você é bom? No que você quer ser bom?

O diálogo da sua mente pode interferir nessa resposta. Segundo Gallwey temos o self 1 e o self 2. (Self = eu). O self 1 é o nosso eu crítico, julgador, o eu que só fala coisas ruins de você mesmo. O self 2 é o oposto. É o eu que valida positivamente.

Ao nutrir um diálogo com o nosso self 2, nos oportunizamos potencializar a nós mesmos e nossa jornada evolutiva. A dica de Gallwey é foque no que você é bom, no que você quer ser bom e não no que seu self 1 fica dizendo a você.

Foco + Confiança é uma parceria agregadora no caminho evolutivo, então que seu diálogo mental esteja sempre a seu favor. Validar é o verbo essencial na construção de amor-próprio. 


Compartilhar

Contato


Deixe sua mensagem