Abrindo o coração

Em 30 de agosto celebramos o Dia Nacional do Perdão no Brasil e contemplar essa temática é para mim falar de atitude, saúde e acima de tudo de prosperidade. 

Heloísa Capelas, especialista no desenvolvimento do potencial humano e uma das minhas influenciadoras,  nos fala que perdoar é um verbo que só pode ser conjugado na ação e que é impossível experienciá-lo, apenas nas palavras e na intenção. Ela aponta também que perdoar é uma questão de inteligência e eu também diria que é uma questão de saúde. Se você investigar a vida de muitas pessoas com doenças, como câncer, por exemplo, todas de um jeito ou outro nutriram ou nutrem rancor, mágoa profunda e muitas vezes a ausência de auto-perdão é a origem disso tudo.

Tenho casos de coachees, que ao trabalharmos em seus processos, o exercício do auto-perdão, encontraram a chave para uma vida mais próspera, leve e feliz em todos os âmbitos. Quando se trata do perdão com o outro, em especial, com nossos pais. É importante saber, como foi a infância de nossos pais. Somos resultado de nossa infância também. 

Você trocaria a sua infância pela de seus pais?

Ao obter essa resposta. Você está dando o primeiro passo para a compreensão e aceitação da sua origem. Perdoar economiza tempo afirma Robert Mandel em sua obra, Acordando para a Riqueza, por esse motivo meu convite à você é que identifique um motivo pelo qual você deve se perdoar e anote! Na sequência pergunte-se: O que é possivel fazer? Assim que isso estiver claro para você, comece!! Lembre: Perdoar é agir!!

Lembre-se também que o perdão é sempre meu! Está em mim! É minha escolha! 

Ganhe tempo! Perdoar é uma chance que só você mesmo pode se dar para FLUIR com a VIDA!!

Abra seu CORAÇÃO!!


Compartilhar

Contato


Deixe sua mensagem